Um monstro chamado Solidão

Um monstro chamado Solidão

A foto acima, feita para divulgação do Curta-metragem “Solitude”, de Robin Risser em seu projeto de tese na ESAG-Penninghen, ilustra muito bem este tema.

Escrevi esta mensagem há alguns anos atrás para o site www.irmaos.com. Agora a compartilho com os amigos leitores deste blog, orando para que possa ser usada pelo Espírito Santo para desmascarar as táticas do monstro Solidão em cujas garras milhões têm sofrido.

Por favor, na medida do possível, repasse o link desta mensagem para um amigo!

 Um monstro chamado Solidão

Não falo isso teoricamente. Eu já enfrentei este monstro. E por um milagre não morri. A solidão é implacável. Ela não perdoa ninguém. É como um vampiro que nos suga até a última gota de vida. Você pode estar rodeado de amigos e mesmo assim a solidão te pegar. E se ela te pegar de verdade, você já era! Não bastarão muitos tranquilizantes e antidepressivos. Esse mal é como um vírus que nos tira todas as forças. Apaga toda a luz e esconde com densas nuvens o próprio sol.

Mas espere um pouco. A solidão não é algo externo. A solidão é algo interno, íntimo. Solidão não é o mesmo que estar só. Solidão é ser só e não estar só. Entender isso pode ajudá-lo a evitar enganos por parte dos espíritos malignos. Solidão é uma atitude.  É também um espírito que quando nos envolve, nos sufoca até a morte. Se a solidão se avizinha reaja a tempo.  Ela não te poupará. Não lhe dê mais espaço. Um pouco mais e poderá ser o teu fim.

O segredo para vencer o monstro da solidão é manter comunhão com Deus. Somente assim a solidão não dominará nossa casa espiritual, nosso coração.

As vicissitudes da vida não devem anular nossa paz. Devemos sempre nos lembrar das prioridades. A ansiedade pode nos dar a falsa impressão de que estamos sós: “Seja a vossa vida isenta de ganância, contentando-vos com o que tendes; porque ele mesmo disse: Não te deixarei, nem te desampararei.” (Hebreus 13:5). A solidão, esse monstro desprezível não vai nos vencer porque jamais estaremos sós. Não me refiro a estar rodeado de pessoas. Refiro-me a conhecer Deus experimentalmente e não teoricamente. Jesus se foi, mas voltará em breve. Todavia não nos deixou desamparados. Sabendo da fragilidade de nossa estrutura Jesus nos enviou Seu Espírito para que nos acompanhe em todos os momentos da vida: “E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre.” (João 14:6).

A solidão apaga todo fôlego de esperança. É como se alguém nos apertasse o pescoço até não podermos mais respirar. Se, contudo, olharmos para Jesus com fé não sucumbiremos diante deste espírito, pois recebemos o Espírito Santo em nossos corações: “Filhinhos, vós sois de Deus, e já os tendes vencido; porque maior é aquele que está em vós do que aquele que está no mundo.” (I João 4:4). “Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: em que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por meio dele vivamos.” (I João 4:9).

A solidão nos faz olhar para o universo e enxergá-lo sem significado algum. É como se em todo o planeta Terra não tivesse vida alguma. Tudo se torna vazio, árido e sem sentido, mas a solidão não pode vencer alguém que se deleita em Deus. Você pode encontrar todos os motivos do mundo para deixar a solidão entrar e… simplesmente morrer! Mas porque morrer se a Vida já se manifestou em carne e sangue? Jesus, a imagem do Deus invisível, já consumou nossa salvação.

A vida te parece sem significado imediato? Tuas dores parecem ser maiores que tuas alegrias? Parece que nada acontece de novo e bom? Traga todas as notícias desanimadoras, negativas e todos os fatos contrários e ruins para diante de você. Avalie-os e diga firmemente: “Sou vencedor! Embora pareça fraco, sou forte porque o Forte está comigo!”

Jesus fora abandonado pelos seus amigos, mas a solidão não o venceu porque Ele tinha comunhão com Deus: ” Eis que vem a hora, e já é chegada, em que vós sereis dispersos cada um para o seu lado, e me deixareis só; mas não estou só, porque o Pai está comigo.” (João 16:32).

O monstro solidão não terá lugar e nem força em tua vida porque você ouviu a voz do Senhor Jesus:  “…EIS QUE ESTOU CONVOSCO TODOS OS DIAS, ATÉ A CONSUMAÇÃO DOS SÉCULOS.” (Mateus 28:20).

Daril Simões

About these ads

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s