Rosas para Rosa

“Serviu Jacó sete anos por Raquel; e estes lhe pareceram como poucos dias, pelo muito que a amava.” (Gênesis 29:20)

Para ser honesto e dar os devidos créditos a quem de direito, vou contar, ainda que resumidamente, esta história desde o início. Após estar só por vários anos, no final de 2004 conheci uma mulher sensacional. Eu disse sen-sa-cio-nal. A coisa rolou mais ou menos assim: Anteriormente eu já tinha tentado namorar duas vezes, mas com as pessoas erradas. Não deu certo e só me dei mal. Sinceramente, devido às minhas experiências negativas, eu já não acreditava nas mulheres. Claro que eu estava enganado, pois existem muitas mulheres maravilhosas que só esperam uma chance para mostrar que, quando amadas e respeitadas, são a receita perfeita de Deus para completar um homem por mais exigente que ele seja. Muitas vezes estas mulheres maravilhosas não estão dentro das igrejas (ainda). O plano de Deus sempre foi uma mulher para um homem, um homem para uma mulher. O que passa disso é invencionice do Ser humano caído, ou seja, fruto do pecado.

Em outubro de 2004 o saudoso Pastor Antonio Silvestrini iniciou na igreja uma campanha na qual cada pessoa deveria colocar em um papel um pedido para Deus. Este papel deveria ser colocado em um envelope e lacrado. Por sete semanas toda a congregação iria orar pelos pedidos que foram depositados em um cesto. Terminadas as sete semanas os envelopes com os pedidos seriam queimados diante de Deus no “monte”. Eu, que já estava pedindo misericórdia a Deus nesta área, resolvi entrar com fé nesta campanha. Pedi a Deus uma mulher de presente! O que eu escrevi em meu papel? Escrevi que queria uma esposa e citei algumas qualidades que seriam desejáveis em minha esposa (companheirismo, compreensão, fidelidade e outras “coisitas” mais). Ah! Dei ênfase que queria o melhor de Deus para a minha vida.

As sete semanas se passaram e no dia 20 de novembro de 2004, sábado, os pedidos foram queimados, com oração de entrega e agradecimento a Deus pelas respostas, em uma vigília na região rural de Jundiaí. Na quinta-feira seguinte, dia 25/11/2004, conheci a Rosa no Shopping Metrô Santa Cruz em São Paulo. Passados sete dias começamos a namorar. Nosso casamento ocorreu em janeiro de 2007 em uma cerimônia modesta no templo da Igreja Missionária de Planalto Paulista, onde me converti na década de 80. O Reverendo Sandro Baggio, do Projeto 242, e pastor da Rosa, muito nos honrou aceitando o convite para celebrar a cerimônia.

A partir daí Rosa e eu começamos uma vida a dois onde, para mim, cada dia parece ser o primeiro. Há amizade, há companheirismo, há cumplicidade. Há amor verdadeiro.

Rosa é amável, dedicada e prestativa. Todos a elogiam. Acho até que alguns se aproveitam de sua bondade, pois sempre se dispõe a ajudar as pessoas que se mostram necessitadas. Sempre está pronta a visitar quem está doente, a conversar com aquela amiga que atravessa uma crise, a incentivar quem está desanimado. É ela quem faz os bolos de aniversário de praticamente todos os seus familiares e olha que sua mamãe, os seus irmãos, cunhados e sobrinhos compõem uma grande família! Sempre servindo a mesa, trabalhando na cozinha ou ajudando de alguma outra forma, Rosa parece incansável e nunca economiza um radiante sorriso.

Por outro lado, nenhum cristão deveria estranhar o comportamento desta grande pequena mulher, pois ela não faz nada além do que se deveria esperar de uma mulher cristã normal. Ocorre que homens e mulheres “cristãos normais” estão cada vez mais raros. Eu, particularmente, me surpreendi, pois tive experiências “desastrosas” com as mulheres. Não que não fossem religiosas. Mas ser cristão não tem necessariamente a ver com religião. Tem a ver com ouvir a Deus e obedecê-lo. Ouvir a Deus é mais importante do que ouvir aos homens. A religião muitas vezes se torna um laço contra a própria família e neste laço muitas pessoas boas  perdem o rumo da vida ao invés de achá-lo.

Deixando de lado as especulações religiosas, sou grato a Deus pela Rosa. Certamente foi uma dádiva divina, um bálsamo, para um homem alquebrado pelo sofrimento como este que vos escreve. Nosso modesto lar é um recôndito de paz e isso é perceptível a todos que nos visitam. Receber amigos em casa é um grande prazer. Voltar para casa é sempre motivo de grande alegria. Nossos “pets” sempre nos recebem com muito entusiasmo e carinho. Há uma atmosfera de união, de paz, de contentamento.

Uma mulher especial! Rosa é assim. Daqui a alguns dias, se Deus permitir, faremos cinco anos de casados, mas parece-me que foram poucos dias. Se eu fosse rico lhe daria um anel de brilhante e uma viagem ao redor do mundo, mas como não tenho riquezas expresso minha gratidão por ter ao meu lado esta grande mulher, oferecendo-lhe estas rosas virtuais e a devoção do meu amor.

Rosa, eu te amo!

Daril

About these ads

12 thoughts on “Rosas para Rosa

  1. Olá irmão Daril, que palavras maravilhosas, que declaração abençoada!
    Você e sua amada esposa têm o “perfume de Cristo”.
    Não nos conhecemos mas, somos irmãos em Cristo e senti um ímpeto de lhe escrever, quando, inesperadamente, me deparei com esta maravilha…
    Eu fico extasiada quando vejo que é possível viver o amor a dois.
    Abraços, no amor de Jesus…

    • Obrigado Graça pelo comentário! Teu nome é muito significativo! Ele aponta para a dádiva maior de Deus ao mundo: Seu Filho Jesus! Isto é presente, é doação, é Graça! Assim como Deus nos deu o Seu melhor, também pode nos dar todas as coisas das quais necessitamos.

      Com relação a viver a dois o amor verdadeiro, é sim muito possível, embora em nossos dias se tem tornado algo difícil e até mesmo bastante raro, por causa da dureza dos corações. No entanto é necessário que nos submetamos a Deus. Ele tem sempre o melhor para nossas vidas. Se submeter a Deus não é apenas aceitar o Seu plano, mas também aceitar o Seu tempo e as Suas condições. Deus nos ama muito e nos quer felizes.
      Visite sempre o blog e se quiser, pode me escrever. Será um prazer responder. Deus a abençoe.

  2. Daril e Rosa,

    Li nas minhas férias este post e achei precioso demais. Parabéns a vocês dois pela união e concordo com tudo que você escreveu sobre a Rosa, ela é sensacional e uma criatura regada a qualidades, sou suspeita porque a amo muito.

    beijos

    • Obrigado Helena! Eu também sou suspeito, mas quando há muitos testemunhos, não há como duvidar. Você também nos é muito querida, e a Rosa também te ama pacas!
      Bjs.

  3. Temos que valorizar nossas esposas, assim como Cristo valoriza sua noiva, que é sua igreja, Vós, maridos, amai a vossas mulheres, e não vos irriteis contra elas. Paulo recomenda aos maridos o amor para com as esposas e que não se irritassem com elas col. Isso é bom parabéns pelo lindo casamento, conserve sempre assim diante do Senhor, para testemunho neste mundo de desamor.

  4. Parabéns!!!
    Meus parabéns ao casal pelo aniversário de casamento, e também a você Daril pela honrosa iniciativa pois todos os relacionamentos se fortalecem de gestos grandiosos como este continuem firmes nesta nossa caminhada e que Deus os abençõe sempre!!!!Felicidades!!!

  5. Daril, boa tarde!
    Você é mesmo um ser de muita sorte por ter a companhia dessa maravilhosa mulher.
    Rosinha é simplesmente um ser humano iluminado, uma grande mulher e uma grande amiga.
    Desejo que o nosso bom Deus cubra vocês de muito amor e muita paz.
    Obrigada por ter escolhido essa foto.
    Abraços,
    Ivoneti

  6. Meu querido Marido,

    Obrigada pela declaração de amor…. chorei… e como você sabe sou uma chorona mesmo. Agradeço a Deus por tê-lo ao meu lado. Te amo!! Rosa

  7. Daril que coisa Linda!!!
    És um homem de sorte que soube receber o presente de Deus, soube valorizar sua Rosa como a mais bela e preciosa do jardim da sua vida!
    Parabéns!
    São poucos os homens (diria as mulheres também) que sabem aproveitar e viver o amor verdadeiro.
    Fico feliz por você!
    Abraços e bom final de semana!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s