Pescaria em outros aquários

Estou replicando este texto do Crentassos porque ele traduz minha contrariedade com relação às pessoas e organizações religiosas que gastam seu tempo fazendo proselitismo em comunidades cristãs como se estas ainda não tivessem sido alcançadas pela Verdade. Há um mundo a ser salvo e tanta gente perdendo tempo em provar aos outros cristãos que o seu grupo é o único que recebeu a “Verdadeira Graça”, o único que conhece Deus de verdade.

Lamentável!

Daril Simões

Pescaria em outros aquários

Em Mateus 4:19 diz: “E disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens.”

Bem, para contextualizar e para quem bem sabe, Jesus volta do deserto, depois do confronto com satanás, e foi habitar em Cafarnaum e começa sua pregação sobre arrependimento para o povo daquela localidade. Peripatético, Jesus chama a Pedro e André para serem não mais pescadores convencionais, mas pescadores de homens.

Da Palavra de Deus ouvimos que os apóstolos pregavam a diversas igrejas… Corinto, Éfeso, Tessalônica e outras. Faziam seu chamado tomar corpo caminhando por aquelas terras, ensinando a Palavra de Deus. Sofreram por isso, mas o evangelho de Cristo crescia em número e estatura. Isso não deveria ter sido mudado.

Sinceramente creio que esse é o chamado da igreja em todos os sentidos, mas, algumas coisas devem ser ponderadas aí.

Em algum momento histórico a idéia de diversas igrejas sofreu uma mutação. Chamado de denominacionalismo, elas agora tinham, não mais a centralidade do evangelho de Cristo, mas a adição da interpretação humanista daqueles que as originaram. Colocando suas idéias e pensamentos em detrimento à vontade exclusiva do Senhor.

Fazendo um adendo… 

De um comentário de um amigo… “Na igreja católica, quando você vai à missa, em qualquer “igreja” onde você vá, continua sendo igreja católica. Na igreja denominada evangélica, em muitas vezes, não funciona dessa forma.”
Por quê será?
Deus muda de discurso de um ligar para o outro?
Por que será que algumas pessoas não se sentem bem em frequentar ou visitar outras denominações?

Sei lá… estou em busca da reposta perdida!

Voltando ao que estava escrevendo… O caos então se instalou de forma velada, pois o discurso então passou a ser sobre a verdade que minha denominação detém, do poder que emana dela, essas coisas.
Algumas têm a pachorra de dizer que somente sua “igreja” é que têm o alimento sólido necessário para se alcançar as bênçãos de Deus. Somente nela os “escolhidos” são chamados de filhos (príncipes, reis, ou sei lá mais tantas outras usadas para se autodenominarem) de Deus e, portanto, sua ideologia/filosofia é a única que vem do Reino de Deus. E se você não está convencido disso, então você é contra isso e por ser contra, você não conhece a verdade, portanto, você detém a mentira e isso te leva ao inferno!!!
Isso é histórico, pois podemos ver no decorrer dos anos a “rinha” existente por aí…
Pastores e líderes que chegam a ameaçar seus fiéis de que não podem sair por aí visitando outras denominações, pois estariam em maldição, fora da “cobertura espiritual”… esse negócio de cobertura espiritual eu ainda não me convenci por completo. Jesus morreu na cruz por mim e Ele é minha cobertura. Queria saber se alguns líderes estão aptos por morrer por mim também? Deixa para lá… por enquanto!

Voltando aos discípulos, eles caminhavam por aquelas terras “pescando” pessoas que nunca tinham ouvido falar de Jesus, ou se tinham, não sabiam da essência da mensagem que Ele pregava… Procuravam ovelhas sem pastor!
Essa é a base da missão! Alcançar pessoas e povos não alcançados ainda pela mensagem da Cruz.

Isso deveria ser o que as igrejas e seus membros deveriam fazer… mas nem sempre é assim.

Existem pessoas que, nas melhores das intenções, te convidam para visitar sua igreja para um culto, para uma prelação especial, um evento inter-denominacional e outros, mas que no fundo, com suas mentes anestesiadas pela doutrina de sua “igreja”, acreditam que você irá continuar lá. Pois afinal de contas, suas intenções são de fazer com que o Reino avance. Lá é que você encontrará a verdade que levará a plenitude do evangelho… mas espere aí, Jesus não falou de que Ele era o caminho a verdade e a vida e somente através Dele chegaríamos ao Pai?

Pois é, passei por esse momento dias atrás e sinceramente, fiquei indignado.

Sou daqueles que ainda acreditam que o Reino de Deus se faz através da única igreja que conheço, aquela mencionada em Colossences 1:18, onde Jesus é o cabeça do corpo, independentemente de placa ou doutrina.
Sou daqueles que gostam de visitar outras igrejas, transito entre a batista, a presbiteriana e comunidades por esse rincão de Deus sem nenhum constrangimento, pois acredito que Deus se manifesta nelas de forma particular, fazendo que o corpo trabalhe, cada um cumprindo sua função.

A cada dia acredito menos que as denominações um dia se entenderão quanto a universalidade da mensagem de Cristo, mas acredito que a verdadeira igreja se move para isso.

Eu quero fazer parte dessa igreja e, por favor, não venham com essa conversa de que somente você tem a verdade.
Quero te dizer algo… Retira-te de diante de mim, Satanás; porque não compreendes as coisas que são de Deus, mas as que são dos homens. (Mc 8:33)

Nada pessoal!!!

Soli Deo Gloria

Fonte: http://crentassos.com.br/blog/2010/04/pescaria-em-outros-aquarios.html

Advertisements

5 thoughts on “Pescaria em outros aquários

  1. O que acontece é que muitos líderes (donos de aquários), não estão trocando a água periodicamente, não tem um alimento sólido (ração), e muito menos têm se preocupado com o compressor de ar de seu aquário… O resultado dessa preguiça espiritual é exatamente isso, peixes morrendo ou sendo fisgados por outros pescadores… E diga-se de passagem, “pescar em aquário é muito mais fácil que no rio ou no mar! Cuide bem de seu aquário, não seja preguiçoso (Pv 6.4-11) e nunca mais os peixes morderão a isca de outro pescador”… Fica a dica!

    Like

  2. Meu amigo li o que escreveu e pode ver que o esse mal está por todo o globo, há muita gente que ainda não encontraram o verdadeiro significado de uma vida nova, por isso se acham melhores que o seu próximo, Jesus para mostrar este erro, agarra uma criança e disse qualquer que quiser ser grande … A verdadeira igreja como sabemos não está numa casa, mas sim numa nova vida. Parece que está a acontecer no Brasil aquilo que aconteceu na igreja primitiva. Saiba meu irmão que a igreja cresce mais forte e santa nas perseguições e nas lutas, mas quando há liberdade essa é usada sem medidas nem regras, e qualquer se faz pastor abre uma casa e diz que ali habita Deus.
    Gostei foi verdadeiro, mas fique firme em Jesus eu acredito que ele virá muito breve.
    Abraço.
    António.

    Like

  3. Particularmente não gosto do termo aquário pois remete a uma prisão de peixes, esta é uma preocupação dos que querem manter os irmãos em tal condição afim de controla-los, e é claro tendo como base a Palavra. João 10:1-18 me esclareceu este assunto, fala do aprisco,
    que tambem é um elemento para sermos guardados, ali Jesus diz que é a Porta de saída daquele grande curral judaico, não para outro curral, mas para os pastos verdejante que é Ele mesmo em outro aspecto e agora como alimento das ovelhas libertas, é como o Salmo diz: deitar-me faz em pastos verdejantes… – não em currais. De uma maneira muito prática Ele se tornou O Espírito vivificante pra habitar em nós (1Cor 15:45), temos acesso a Sua pessoa quando O invocamos e como ovelhas ruminamos o alimento que é a sua Palavra – Os irmãos devem permanecer guardados onde aceitaram o Senhor recebendo alimento pastoral, mas devem procurar crescer desfrutando de Cristo que é a Vida abundante em nós, Este pasto é sempre verde. Como pastores temos que entender que somos ovelhas de frente com este dom dado por Deus para conduzir as ovelhas as pastagens, que é Cristo mesmo. – Geraldo Rocha

    Like

    • Geraldo, obrigado pelo seu comentário. A palavra “Aquário” usada aqui Geraldo está relacionada com o verbo “Pescar”, não trata do ambiente em que vivem ou devem viver os peixes. Quando se pesca, pesca-se para alimentar e não para ser colocar em aquário. Entenda que é uma figura de linguagem com o objetivo de apontar para a necessidade de se pescar e, em se tratando de pescar, é no mar (ou nos rios) que se deve pescar e não nos aquários. Para ser mais direto, o texto fala do proselitismo indiscriminado de alguns cristãos e de alguns grupos cristãos junto a outras comunidades cristãs. Estes deixaram de lado o seu dever e o seu bendito direito de “pescar em alto mar” e se dedicam, mesmo que inconscientemente, a granjear adeptos para o seu grupo em outras comunidades cristãs, crendo que afinal conheceram a verdadeira graça e que os demais grupos estão em “trevas” ou “semi-trevas”.
      Um abraço,

      Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s